Proteção Contra Incêndio

Projeto de Proteção contra Incêndio

O Projeto de Proteção Contra Incêndio é área a ser considerada para elaboração de um projeto de sistema de proteção contra descargas atmosféricas, de iluminação de emergência, de rede de hidrante, de sinalização de abandono de área, de Sprinkler,de alarme e detecção de incêndio, deverá ser a mesma área considerada para o projeto arquitetônico, a qual deverá ser conferida e estar alinhada com o cadastro da edificação na prefeitura.

 

Um imóvel, principalmente um edifício, precisa ter um Projeto de Combate a Incêndio que é criado por um profissional responsável e legalmente habilitado para a função. Pode também ser chamado como Projeto Preventivo Contra Incêndio o que faz grande sentido uma vez que, o intuito é se precaver quanto a possíveis casos em que possa ocorrer um acidente/sinistro.

 

Ao elaborar o Projeto de Combate a Incêndio ele deverá estar de acordo com a Normas de Segurança contra Incêndio do Corpo de Bombeiros que orienta a localização precisa dos componentes de segurança, as características técnicas dos equipamentos, a demanda de água e as indicações referentes à execução das instalações, assim como também:

 

1.       Extintores e Hidráulico (este se for necessário)

2.       Instalações de gás

3.       Saídas e iluminação de emergência

4.       SPDA – Sistema de Proteção de Descargas Atmosféricas

5.       Sistema de alarme e detecção de incêndio,

6.       Sinalização de abandono (Ponto de Encontro)

7.       Escada pressurizada (se for necessário)

8.       Sprinkler (se for necessário)

9.       Portas corta fogo (se for necessário)

10.   Laudos de Equipamentos específicos

 

Órgãos e Normas

 

O projeto de combate a incêndio deverá se guiar de acordo com as normas estabelecidas pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), a qual estabelece o dimensionamento e outros assuntos. E, a aprovação do projeto caberá à avaliação realizada pelo Corpo de Bombeiros baseado em suas IT´s.

 

A CF3 ENGENHARIA tem uma proposta justa para a sua necessidade, solicite um orçamento!

 

Extintores e Equipamentos

Extintores

 

Extintor de incêndio é um equipamento de segurança que possui a finalidade de extinguir ou controlar princípios de incêndios em casos de emergência. Consiste em um reservatório que armazenam substância ou compostos extintores, eficazes contra algumas classes de incêndio.

A classificação dos extintores está alinhada com a classe de fogo:

 

Classe A – Fogo em material sólido comum. Exemplos: Madeira, papéis, plásticos e outros o grande diferencial é que este tipo de fogo ele queima não só em superfície como também em profundidade.

Classe B - Fogo em combustível sólido que viram líquido por ação do calor, como exemplo a graxa. E temos também o fogo em combustível líquido, como exemplo, o álcool, a gasolina. Neste caso o fogo acontece apenas na superfície.

Classe C – Fogo em Equipamentos e Instalações Elétricas Energizadas.

Classe D – Fogo em metais combustíveis ou materiais pirofóricos, trata-se de fogo em metais usados na fabricação de fogos de artifício. Exemplo: magnésio, selênio, antimônio, lítio, potássio e entre outros.

Classe K – Esse K vem do Inglês Kitchen (cozinha), é incêndio em óleos vegetais, animais e gorduras usadas em cozinhas industriais e Comerciais.

 

Extintores mais utilizados:

 

ÁGUA PRESSURIZADA - Como o nome já diz, a substância extintora é a água.

Este extintor tem ação por resfriamento e só pode ser usado para combater princípio de incêndio de classe A.

Esse extintor é composto basicamente de conjunto de válvula, manômetro, mangueira e cilindro com solda.

 

PÓ QUÍMICO SECO (PQS) – O a composto extintor é a base de bicarbonato de sódio (PQS-Classe B e C).

Sua ação se dá por resfriamento, abafamento e quebra da reação em cadeia, seu uso é aconselhado para princípio de incêndio classe B e C.

 

CO² – A substância extintora é o dióxido de carbono (CO₂). Atua por abafamento, saturando o ar, impedindo o oxigênio de atuar como comburente do incêndio.

Pode ser usado para princípio de incêndio classe B e C e é um extintor considerado limpo, não deixar resíduo e não danifica equipamentos.

Enquanto sua composição básica, esse extintor é diferente dos anteriores, ele não possui manômetro (por ser um extintor de alta pressão), na extremidade da mangueira ele possui um difusor (protege o usuário de queimadura de gelo seco, pois a emissão de gás pressurizado pode chegar até -70°C) e por fim seu cilindro que não possui solda, por ser um extintor de alta pressão.

 

INSPEÇÕES MENSAIS:

 

As inspeções devem ser realizadas pelo menos uma vez por mês.

1.       Estão nos locais que lhes foram destinados?

2.       Estão bem visíveis?

3.       Estão com a sua área e seu acesso livre?

4.       O lacre está intacto?

5.       Selo de Lacrado do Cilindro?

6.       Apresentam danos Físicos?

7.       O manômetro está marcado pressão adequada?     

 

SERVIÇOS:

 

1.       Venda de Extintores Novos

2.       Recarga de Extintores

3.       Testes em extintores

4.       Extintor carreta (Extintor com rodas)

 

SUPORTES, FITAS E CONES

 

Suportes de extintores podem ser de paredes ou de piso, sua escolha deve levar em consideração a edificação e sua atividade, afim de não se tornar um obstáculo para pedestres ou rota de fuga da edificação.

Fitas são utilizadas para isolamento de áreas, onde para realização de atividades diversas o colaborador deve restringir o acesso de pessoas.

Cones são utilizados para identificar o local e servir também como barreira física para o acesso de veículos e pedestres.

 

MANGUEIRAS

 

A mangueira de incêndio é extremamente importante para que rede de hidrantes seja aplicada de maneira eficiente no combate às chamas, a escolha da mangueira de incêndio deve seguir diversos critérios. Além da característica da edificação (predial ou industrial), deve se levar em conta o nível de abrasão, classe de pressão, raio de ação e vazão necessários.

As mangueiras de incêndio são disponíveis nos diâmetros de 1.1/2″ e 2.1/2″, com comprimentos de 15, 20, 25 e 30 metros. O mangotinho é fabricado no diâmetro de 1″ em conformidade ABNT para suas mangueiras de incêndio, conforme NBR 11861.

Realizamos testes e vendas de mangueiras de incêndio.

 

HIDRANTES

 

O Hidrante é um terminal hidráulico com registro, dotado de mangueira e esguicho; localizados normalmente nas paredes dos corredores das edificações; conhecidos popularmente como "caixas de incêndio" por estarem nas paredes, dentro de caixas vermelhas sinalizadas.

Realizamos manutenção, instalação e venda de hidrantes.

 

 ACESSÓRIOS

 

Os acessórios são de extrema importância no combate e prevenção contra incêndio. Vendemos Chave Storz, Conectores e Bombas para adequação de sua necessidade as normas de prevenção e combate a incêndio.

 

PLACAS DE SINALIZAÇÃO (ROTA DE FUGA)

 

As placas de sinalização são parte integrante do conjunto mais completo para adequação de sua edificação as Normas do Corpo de Bombeiros para obtenção ou renovação do seu AVCB.

As Placas de Sinalização têm como objetivo identificar as saídas de emergências das Rotas de fuga e identificar os equipamentos de proteção contra incêndio como extintores e hidrantes.

 

PORTA CORTA FOGO

 

Porta Corta Fogo, também chamada de PCF é uma porta resistente ao fogo, utilizada com a finalidade de garantir proteção contra incêndios, também impedindo a passagem de fogo ou fumaça entre compartimentos, facilitando a fuga de pessoas e resgates.

A Porta Corta Fogo segue especificação de Normas e deve passar por testes para a comercialização.

 

A CF3 ENGENHARIA tem uma proposta justa para a sua necessidade, solicite um orçamento!

 

 

AVCB

 

AVCB - Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros

 

O AVCB - Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros é o documento emitido pelo Corpo de Bombeiros da Policia Militar do Estado de São Paulo (CBPMESP) certificando que, durante a vistoria, a edificação possuía as condições de segurança contra incêndio. E atende ao Decreto 56.819.

É um conjunto de medidas estruturais, técnicas e organizacionais integradas para garantir a edificação um nível ótimo de proteção no segmento de segurança contra incêndios e pânico previstas pela legislação e constantes no processo, estabelecendo um período de revalidação.

 

O AVCB - Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros é obrigatório:

 

1.       Construção e reforma

2.       Mudança da ocupação ou uso

3.       Ampliação da área construída

4.       Regularização das edificações e áreas de risco

5.       Construções provisórias (circos, eventos, etc.)

 

PT - Projeto Técnico

 

O Projeto Técnico do AVCB - Auto de Vistoria do Corpo de Bombeirosdeve ser utilizado para apresentação dos sistemas de proteção contra incêndio das edificações ou áreas de risco:

a) com área de construção igual ou inferior a 750m² e concentração de público acima de 100 pessoas ou com altura superior a 12 metros ou mais que 3 pavimentos
b) com área construída acima de 750 m², com altura superior a 12 metros ou mais que 3 pavimentos, exceto os casos que se enquadram nas regras do Projeto Técnico Simplificado e Projeto Técnico para Instalação e Ocupação Temporária
c) independente da área da edificação ou área de risco, quando esta apresentar risco no qual necessite de sistemas fixos (hidrantes, chuveiros automáticos, alarme e detecção, entre outros)
d) edificação e/ou área de risco que necessite de proteção de suas estruturas contra a ação do calor proveniente de um incêndio

 

A CF3 ENGENHARIA tem uma proposta justa para a sua necessidade, solicite um orçamento!

 

CLCB

CLCB – Certificado de Licença do Corpo de Bombeiros

 

Certificado de Licença do Corpo de Bombeiros CLCB é o documento emitido pelo Corpo de Bombeiros da Policia Militar do Estado de São Paulo (CBPMESP), certificando que a edificação foi enquadrada como sendo de baixo potencial de risco à vida ou ao patrimônio e concluiu com êxito o processo de segurança contra incêndio para regularização junto ao Corpo de Bombeiros.

O CLCB – Certificado de Licença do Corpo de Bombeiros possui a mesma eficácia do AVCB para fins de comprovação de regularização da edificação perante outros órgãos e atende a IT42 do CBPMESP.

 

PTS – Projeto Técnico Simplificado

O Projeto Técnico Simplificado é utilizado para apresentação dos sistemas de segurança contra incêndio das edificações, instalações ou áreas de risco para solicitação do AVCB para:

a) edificação com área construída menor ou igual a 750 m² com até 3 pavimentos desconsiderando-se o subsolo quando usado exclusivamente para estacionamento (garagem);
b) edificação e/ou área de risco na qual não se exija proteção por sistema hidráulico de combate a incêndio;
c) edificação que não necessite de proteção de suas estruturas contra a ação do calor (IT-08 – Segurança estrutural nas edificações);
d) posto de serviço e abastecimento cuja área construída não ultrapasse 750 m², excetuada a área de cobertura exclusiva para atendimento de bomba de combustível, conforme exigências do Decreto Estadual 56.819/11;
e) locais de revenda de GLP com armazenamento de até 12.480Kg, cuja proteção não exija sistemas fixos de combate a incêndio, devendo ser observados os afastamentos e demais condições de segurança exigido por legislação específica;
f) locais com presença de líquidos inflamáveis com tanques ou vasos aéreos até 20m³ cuja proteção não exija sistemas fixos de combate a incêndio, devendo ser observados os afastamentos e demais condições de segurança exigido por legislação específica;
g) locais de armazenamento de no máximo 10m³ de qualquer tipo de gás inflamável em tanques ou cilindros, para qualquer finalidade;
h) locais de reunião de público, com área construída menor ou igual a 750m², cuja lotação não ultrapasse 100 (cem) pessoas e não exija sistema fixo de combate a incêndio.

 

A validade é de 2 a 5 anos, dependendo da avaliação do risco por parte do CBPMESP.

A CF3 ENGENHARIA tem uma proposta justa para a sua necessidade, solicite um orçamento!

 

ART´s – Anotação de Responsabilidade Técnica para AVCB

 

ART´s – Anotação de Responsabilidade Técnica para AVCB

1 - ART de Instalação e/ou Manutenção das Medidas de segurança contra Incêndio; 

2 - ART de Instalação e/ou Manutenção de Material de Acabamento e Revestimento (CMAR);

3 - ART de Instalação e/ou Manutenção de Instalações Eletricas de baixa Tensão;

4 - ART de Instalação e/ou Manutenção de Para Raios  ( SPDA );

5 - ART de Instalação e/ou Manutenção do Grupo Motogeradores;

​6 - ART de Instalação e/ou Manutenção de Vasos sob Pressão;

7 - ART de Instalação e/ou Manutenção da Compartimentação Vertical de Shaft e de Fachada Envidraçada ou similar;

8 - ART de Instalação e/ou Manutenção de Sistema de Controle de Temperatura, Despoeiramento e de Explosa para Silos;

9 - ART de combate a Incêndio e Pânico; 

10 - ART de Atestado de Brigada de Incêndio;

11 - ART detecção e Alarme de Incêndio;

12 - ART de equipamentos de Combate a Incêndio;

13 - ART de Extintores de Incêndio;

14 - ART Plano de Contingência;

15 - ART Plano de Emergência e Catástrofe;

16 - ART Práticas de Combate ao Fogo;

17 - ART Sinalização de Emergência;

18 - ART Sinalização de Segurança;

19 - ART Sistema de Alarme e Proteção;

20 - ART Sistemas de Dispositivos de Segurança;

 

A CF3 Engenharia tem uma proposta justa para a sua necessidade, solicite um orçamento!

Destaque